sexta-feira, 28 de agosto de 2015

O problema dos animais nas ruas de São Gotardo



Por que existem animais nas ruas?

Porque muitas pessoas abandonam seus animais. Hoje em dia, são poucos que têm tempo para dar atenção, para dar banhos, para levar ao veterinário, e são raras as pessoas que têm paciência de criar seus animais sem que eles sejam agressivos, o que pode trazer consequências ruins, tanto para bichinhos como para os pedestres que convivem com esta situação. Muitos ficam cansados dos seus afazeres e preferem abandonar as criações para não tem um trabalho a mais.
E então vai aumentando a população de animais, porque não existem lares adotivos para todos eles, e a cidade não conta com abrigos.
Além disso, ainda há pessoas vivendo nas proximidades da cidade, que criam vacas ou cavalos, mas de uma maneira inadequada, uma vez que deixam os animais pastando em lotes sem cercas ou perambulando nas ruas, o que pode ocasionar, inclusive, acidentes de trânsito.

Por que animais nas ruas representam um problema para a cidade?

Na verdade, são vários motivos, mas os que mais causam desconfortos à sociedade são: acidentes no trânsito; sujeira nas ruas e calçadas, pois os animais defecam e esparramam os lixos nos passeios e ruas procurando comida; além da questão das carcaças de animais mortos, que são jogadas em lotes vagos e incomodam bastante pelo mau cheiro.
A grande quantidade de animais, principalmente cães, soltos pelas ruas representa um problema, também, porque traz grandes riscos às pessoas, já vez que, sem os devidos cuidados de um dono, a grande maioria não está vacinada e pode ser agressiva, isso pode levar a acidentes envolvendo mordidas de cachorros, ocasionando até transmissão de doenças.
E ainda deve-se considerar que gatos e cães nas ruas se reproduzem descontroladamente, aumentando ainda mais esse problema urbano.

O que deveria ser feito, ou seja; quais medidas deveriam ser tomadas para solucionar esse problema?

As medidas que deveriam ser tomadas incluem, primeiramente, a prefeitura tomar atitude em relação à construção de um canil.
Em São Gotardo existe a atuação da ONG “Aspa” (Associação de proteção aos animais), mas mesmo assim deve haver a colaboração da prefeitura, o que não tem ocorrido.
A segunda ação deve ser a realização de campanhas de conscientização para as pessoas pararem de abandonar os animais.
Uma terceira medida seria a castração. Muitas pessoas acham que castrar seu animal vai fazer mal a ele, mas ao contrário, isso irá fazer o bem para os animais e contribuirá para o controle desse problema de proliferação desenfreada de animais.



Texto e fotos de: Vivian Cristina Pires de Camargos, 3º ano 04.

Nenhum comentário:

Postar um comentário